Social
11/05/2020
Socorro ao setor elétrico deve ficar entre R$ 10 bi e R$ 13 bi

Os pacotes de socorro às distribuidoras de energia elétrica, desenhados por um consórcio de bancos coordenado pelo BNDES que trabalha para apoiar os setores mais afetados pela pandemia de covid-19, deverão chegar a uma definição nesta semana. Os valores do socorro deverão ficar entre R$ 10 bilhões e R$ 13 bilhões, no setor elétrico, disseram fontes que acompanham as negociações. As empresas apoiadas farão emissões de títulos de dívida, tanto debêntures tradicionais quanto bônus conversíveis em ações. (O Estado de São Paulo - 11.05.2020)