Social
50 anos de história

UNIPROCEEE: HÁ 50 ANOS UNINDO PROFISSIONAIS

A filosofia de congraçamento e união que hoje move a UNIPROCEEE já fazia parte de seu embrião,
desde sua fundação, há 50 anos. Tudo começou quando um grupo de economistas e contabilistas que
exerciam suas atividades na então Comissão Estadual de Energia Elétrica – precursora do atual Grupo CEEE –
reuniu-se no centro de Porto Alegre, no 2º andar do Edifício União, para “debaterem assuntos referentes
à congregação daquelas classes”, 
registra a histórica Ata de Fundação. A data era 21 de abril de 1962.

O contabilista Pedro Ovídio Klein sugeriu a “criação de uma entidade para congregar as classes”,
imediatamente aceita e aprovada.
Surgia, então, a União dos Economistas e Contabilistas da CEEE. – Unecon.

A primeira ata, datada de 10 de julho de 1963, mostra a participação da entidade nas decisões
e destinos da empresa, ao documentar que “a Unecon foi convidada pela direção geral da CEEE
a fazer parte de uma Comissão que estudará a possível descentralização dos serviços contábeis da CEEE,
cujos resultados serão divulgados aos sócios oportunamente”.

A presença, ao longo dessas cinco décadas, em fatos que mudaram a vida e os rumos da CEEE,
assim como a pronta disseminação de todas as informações aos associados
têm sido uma constante na trajetória da UNIPROCEEE.

É sua marca registrada a amplitude das ações e a abrangência, recebendo
novas categorias funcionais. Em 1964, ampliava o quadro de associados também para atuários e
técnicos em contabilidade. Em 1975, o novo estatuto determinava a denominação de
União dos Profissionais Liberais da CEEE, congregando profissionais liberais de quaisquer categorias,
tanto de nível médio como superior, independente de classificação no quadro funcional. 
O estatuto de 2007, em vigor até hoje, aumenta essa abrangência: a entidade passa a chamar-se
UNIÃO DOS PROFISSIONAIS DAS COMPANHIAS E DAS EMPRESAS DE
ENERGIA ELÉTRICA – UNIPROCEEE.

Da antiga Unecon, permanece a autonomia, a  natureza sócio-científica-cultural, sem fins lucrativos, 
reunindo profissionais,  ativos  e  inativos,  de  quaisquer  categorias  profissionais, das  empresas 
geradoras, transmissoras  e  distribuidoras  de  energia  elétrica do Rio Grande do Sul.

Ao comemorar cinco décadas de atuação, conta com mais de 400 sócios, entre ativos
e aposentados. Todos sabem que a UNIPROCEEE está sempre a postos, pronta a
lutar por seus direitos, conquistas, benefícios e pelo avanço técnico e
funcional dos associados e das empresas da área.

Mantendo sempre o espírito associativo de interação, congraçamento, ética e profunda valorização
de quem constrói e perpetua o setor elétrico gaúcho e nacional, fundamental para o avanço social,
econômico e tecnológico de toda a sociedade.

 

 

Ata de fundação - 21 de abril de 1962

 

Ata nº 1 - 10 de julho de 1963

 

Estatuto UNECON - 09 de setembro de 1964

 

Gestão 64/65

 

Carteira Social - 1973

 

Estatuto 1975

 

 

Boletim Ano I - nº 1

 

Em Tempo - Outubro de 1991